UFF faz 60 anos: Gramático Evanildo Bechara fala da importância da universidade

Em sua trajetória como professor da UFF, Bechara conta que teve a oportunidade de conviver e aprender com excelentes mestres

Por Livia Figueiredo

Evanildo Bechara fala do impacto da UFF na sua vida / Reprodução da Internet


Na comemoração dos 60 anos da UFF, celebrado nesta sexta-feira (18), o A Seguir: Niterói ouviu depoimentos de ex-alunos, ex-professores e personalidades da cidade que passaram pela instituição e guardam na memória um período acadêmico de muita troca e aprendizado. Um desses personagens é o professor, gramático e filólogo Evanildo Bechara.


Autor de várias das principais gramáticas da língua portuguesa destinadas tanto ao público leigo quanto aos profissionais da área, como a Moderna Gramática Portuguesa, Bechara é também titular da cadeira 33 da Academia Brasileira de Letras.


Em sua trajetória como docente da UFF, Bechara conta que teve a oportunidade de conviver e aprender com excelentes mestres, como Ismael de Lima Coutinho, Rosalvo do Valle e Serafim da Silva Neto. Inspirado por eles, pôde transmitir à nova geração de colegas, entre eles, Ricardo Cavaliere e Edila Vianna, os méritos que a UFF, muito justamente, recebe por meio de uma homenagem pelos seus 60 anos de existência. Bechara diz que se orgulha de ter contribuído para essa história, como professor titular e emérito.


- Já como titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) fui lembrado pelos meus distintos colegas Maximiano de Carvalho e Silva e Carlos Eduardo Falcão Uchôa para integrar o corpo docente do, então recente criado, curso de pós-graduação da UFF, onde fiz carreira até chegar, por concurso, a substituir o professor titular da instituição Gladstone Chaves de Melo, que se aposentava na época. No extenso período de trabalho, convivi com colegas que muito me ensinaram e enriqueceram minha experiência dentro da universidade e na atividade como docente de língua portuguesa ao longo de toda a minha vida acadêmica – ressalta Bechara.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.