Urnas abertas: Niterói vota para Prefeito e vereadores

Nomes que a cidade vai eleger terão pela frente o maior desafio da história do município


A movimentação diante do Colégio GayLussac, em São Francisco, na abertura das urnas


A votação começou mais cedo que o normal, às sete da manhã as urnas foram abertas. Já tinha gente na porta esperando para votar antes da fila começar. Cabos eleitorais, claro, não poderiam faltar, apesar da proibição. O chão já estava coberto de santinhos. Distanciamento e desconfiança. Álcool em gel por toda parte. O horário da manhã, até as dez horas, foi reservado aos eleitores com mais de 60 anos. Mas os cuidados contra a Covid serão mantidos durante todo o dia.


Neste domingo,15, 391.268 eleitores da cidade vão escolher o novo Prefeito da cidade, depois de oito anos de Rodrigo Neves: Allan Lyra, do PTC; Axel Grael, do PDT; Deuler da Rocha, do PSL; Felipe Peixoto, do PSD; Flávio Serafini, do PSOL; Juliana Benício, do Novo; Renata Esteves, do PMB; Sérgio Perdigão, do PSTU; e Tuninho Fares, do DC. Também terão que marcar na urna o número do candidato a vereador, entre os mais de 700 inscritos.



A cidade se vê diante do maior desafio de sua história, enfrentar a Covid, promover uma vacinação sem precedentes, tão logo sej aprovado um imunizante, e promover a retomada da economia. Nas zonas eleitorais, os eleitores relataram o esforço para votar, num momento tão importante.


As regras são rigorosas. Ninguém pode entrar sem máscara. Em algumas seções há marcas no chão, mas não em todas. Os eleitores devem aguardar a hora do voto a uma distância de pelo menos um metro e meio do eleitor seguinte. Não se deve levar crianças para a votação. Na entrada, deve-se usar álcool em gel. O eleitor exibe o título e a documentação à distância para o mesário. Recomenda-se que cada um leve a própria caneta, obrigatoriamente azul, para assinar a ficha de votação. Para reduzir o risco de contágio na urna, a biometria foi abandonada. Com a mesma preocupação de reduzir o tempo na seção eleitoral, o TRE recomenda que se leve uma cola, com o número dos candidatos. Na saída, mais álcool em gel.


Saúde e retomada da economia foram os temas mais discutidos durante a campanha. A principal atividade da cidade se refere a serviços, comércio, bares e restaurantes. Mais da metade do emprego. O setor mais castigado pela pandemia, uma vez que depende da proximidade do cliente, quebrada pelo isolamento.


Nos últimos dias, a campanha tomou conta das ruas, colorindo a cidade, mesmo diante de protocolos de isolamento. A cidade tem a tradição de um alto comparecimento às urnas; cerca de 80%. Mas a permanência prolongada do Alerta Máximo, Amarelo-2, pode ter impacto na movimentação dos eleitores. A votação termina às 17 horas, e o TSE inicia, imediatamente, a totalização dos resultados.


Que Niterói faça boas escolhas!



728x90.gif

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.