Escolas particulares discutem com prefeito de Niterói a volta às aulas

Estabelecimentos privados podem retomar antes da rede pública


Sala de aula vazia. Até quando? Assunto será discutido com Prefeito


Voltar ou não voltar logo às aulas presenciais? O Sindicato das Escolas Particulares do Rio de Janeiro (Sinepe) se reúne nesta quinta-feira com o Prefeito Rodrigo Neves para discutir a volta às aulas presenciais em Niterói depois de mais de cinco meses com escolas fechadas por causa da pandemia de Covid-19. Desde março, a maioria das escolas privadas de Niterói tem dado, em caráter emergencial, aulas remotas. Um serviço, aliás, que não é oferecido pela rede pública municipal, cujos alunos estão de fato sem aulas, nem mesmo on-line, desde março.


Cientes das dificuldades de acesso a computadores e à internet por alunos e escolas públicas, além do fato de estas serem dirigidas por uma mesma gestão, os colégios particulares querem voltar antes do que os públicos às aulas presenciais. O argumento é que cada escola privada tem administração própria, recursos e condições de receber os alunos de volta, cumprindo as exigências sanitárias, mesmo que fazendo rodízios de turmas e adotando inicialmente um sistema híbrido, com aulas remotas e presenciais.


Mais recentemente, desde que a flexibilização atingiu o comércio e diversos outros setores da cidade, as escolas privadas também argumentam que os pais precisaram voltar a trabalhar, deixando o esquema de home office, e que não têm com quem deixar as crianças, especialmente as mais novas.


A Prefeitura ainda não autorizou a volta, e é possível que concorde que as particulares retomem as aulas presenciais antes das públicas. Segundo o Sindicato dos Professores da rede pública (Sepe), em audiência com a Prefeitura na semana passada, a categoria foi informada que a Prefeitura estuda autorizar a volta em sistema de rodízio e revezamento, deixando o retorno da Educação Infantil, porém, apenas para o ano que vem.


A reunião desta quinta-feira acontece às vésperas de a Prefeitura anunciar se Niterói mudará ou não de estágio nas métricas usadas para o controle da pandemia de Covid. O Prefeito disse na terça que espera avançar logo, pois, segundo ele, a Covid-19 está “totalmente sob controle” em Niterói.



728x90.gif

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.