Centro de Cidadania LGBTI de Niterói é transferido para casarão no Ingá

Após anos de luta o Grupo Diversidade Niterói conseguiu seu lugar de direito Por Natalie Vitorino Integrantes do Centro de Cidadania LGBTI de Niterói, na nova sede da entidade, no Ingá Após muita luta do Grupo Diversidade Niterói (GDN) e do Conselho Estadual LGBTI, o Centro de Cidadania LGBTI foi transferido para o local que eles já estavam preparando e reformando há oito anos. Agora o Centro fica em um casarão na Rua Visconde de Moraes número 119, na mesma rua onde estavam anteriormente, mas num espaço maior, com novas salas de atendimento e galerias de arte. O presidente do GDN e vice-presidente do Conselho Estadual dos Direitos da População LGBTI do Rio de Janeiro, Felipe Carvalho, contou da emoção de ter conseguido o espaço. - O GDN já tem 16 anos de trabalho e luta intensa em Niterói. Por oito anos trabalhamos incessantemente por esse espaço, que é mais acessível para a população, pois tem mais salas para atendimento, salas para reuniões e galerias para que as pessoas possam mostrar seu trabalho e sua arte. Foram várias gestões, conversas, articulações e até mesmo embates até que a gente conseguisse finalmente esse espaço que tanto necessitamos - disse o presidente. De acordo com Felipe, o GDN e o Centro de Cidadania já formaram diversos profissionais em Niterói, mas falta dar mais visibilidade ao trabalho que fazem. - Infelizmente ainda não temos a visibilidade que gostaríamos e que é importante e necessária. Algumas pessoas nem sabem da existência do Centro de Cidadania LGBTI na cidade - desabafou. Felipe ainda destacou a importância do Grupo Diversidade e do Centro de Cidadania, que realizaM diversos trabalhos gratuitos para a comunidade LGBTI. - Damos atendimento psicológico, atendimento jurídico e assistência social. Temos o pré-vestibular social LGBTI, que tem foco voltado aos transexuais e travestis. Através dele, no ano passado capacitamos cerca de 500 profissionais da área de saúde. Fazemos acolhimento social na própria sede e encaminhamos ao mercado de trabalho. Também realizamos eventos culturais, como a feijoada e a galinhada da diversidade, a Parada do orgulho LGBTI Niterói, entre outras importantes ações. O Centro de Cidadania foi inaugurado em Niterói em 2012, na mesma rua que fica o casarão, Visconde de Moraes, porém em um espaço muito menor e que estava abandonado e sucateado. O prédio pertence ao Governo do estado.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.