Covid-19: “Platô” mantém Niterói no Alerta Máximo; números de óbitos e casos não caem

Prefeitura garante que registros não são necessariamente recentes Nas últimas três semanas epidemiológicas, datação científica para o acompanhamento da evolução da Covid, Niterói praticamente repetiu os números registrados esta semana: 513 novos casos e 17 mortes, de acordo com os dados dos boletins divulgados diariamente pela Prefeitura, que consideram a data de notificação da doença. O resultado demonstra uma estabilização da epidemia, o platô a que se referem os estatísticos, num patamar que é o menor desde o pico da doença em maio, mas ainda é elevado, que não permite à cidade sair do Alerta Máximo Amarelo-2. O número de mortes se mantém estável, formando um “platô", ainda em nível alto. Fonte: boletins diários da Prefeitura Foi a trigésima-terceira semana, no calendário epidemiológico. O número de casos e óbitos são dois dos mais importantes indicadores para a avaliação do Comitê Científico que assessora a Prefeitura na definição dos estágios de isolamento da cidade, juntamente com dados sobre a ocupação de leitos e UTIs. Justamente os que impedem, no momento, o avanço para o estágio Amarelo-1, aguardado para o fim de agosto. Especialmente, o número de casos, que tem oscilado entre 400 e 500. Na semana anterior, foram documentados 400 casos novos. Os 513 desta semana representam um aumento de quase 30%. Os casos confirmados subiram na última semana, mas ainda abaixo do pico em maio e junho. Fonte: boletins diários da Prefeitura A Prefeitura sustenta que os registros divulgados diariamente não se referem, necessariamente, a casos novos; podem reportar falecimentos antigos, somente agora notificados. O acompanhamento por notificação é adotado pela OMS e pelo Universidade Johns Hopkins, que mapeia a ocorrência da doença em todo mundo. A Prefeitura publica também no Portal SIGeo, um gráfico que considera as mortes no momento em que ocorreram. Este estudo aponta uma concentração de casos no mês de maio. No entanto, não é acompanhado de outras informações e deixou de ser atualizado há quatro semanas. O registro dos casos de contaminação pelo SIGeo também é diferente dos boletins diários, porque não considera a data do exame, mas a data dos sintomas relatados pelo morador. Pelos dados divulgados diariamente pela Prefeitura, foram registradas, no domingo, 16, quatro novas mortes, com o total passando de 332, no sábado, para 336. Nesta segunda-feira, foram mais duas mortes, com o total chegando a 338. Os casos chegaram a 9.707.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.