Entrega do Mercado Municipal é adiada, e espaço só deve abrir em outubro

Última previsão oficial era de que o empreendimento seria inaugurado no começo de 2021 Axel Grael na obra do Mercado Municipal. Divulgação/Prefeitura de Niterói Quem esperava conhecer logo o tão comentado Mercado Municipal de Niterói vai ter que esperar mais um pouco. Depois de anunciar a abertura do empreendimento para o começo deste ano, a Prefeitura de Niterói admitiu, nesta tarde, que o local, que ainda está em obras, só deve começar a funcionar realmente em outubro. Leia mais: Preço do aluguel no Mercado Municipal de Niterói afasta empreendedores Em comunicado oficial, a Prefeitura divulgou fotos de uma visita de Axel Grael à obra e informou que a data de conclusão do projeto está prevista para julho. A partir daí, os lojistas poderão se instalar a tempo da inauguração para o público, que deve ocorrer em outubro. A nota traz, ainda, um depoimento entusiasmado do Prefeito: — As obras seguem avançando. O novo Mercado Municipal é umas das frentes de trabalho para a retomada da economia da nossa cidade. Obras ainda não foram concluídas. Divulgação/Prefeitura de Niterói Porém, se o cronograma anunciado nesta sexta pela Prefeitura se mantiver, o Mercado Municipal de Niterói terá suas obras concluídas oito meses depois do que foi anunciado pela administração municipal. E ainda faltarão três meses para o começo das operações. Até as vésperas do evento que marcaria a conclusão da restauração, o município trabalhava com datas diferentes, tanto para o término das obras, quanto para o início das operações, previsto para janeiro. A Prefeitura afirmou, em várias comunicações oficiais, que a instalação dos lojistas se daria imediatamente após a conclusão da recuperação do prédio, o que ocorreu em 22 de novembro, com evento cheio de autoridades da cidade. "A partir desta data, as lojas e comércios poderão começar a se instalar para que, até o início do próximo ano, possam estar em pleno funcionamento", dizia um comunicado oficial da Prefeitura, datado de 11 de novembro de 2020. A Prefeitura foi questionada sobre o motivo do atraso na entrega das obras do Mercado Municipal de Niterói, mas ainda não se pronunciou.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.