Feiras livres voltam a funcionar em Niterói, na terça-feira

Na mesma data os quiosques da orla da praia também poderão reabrir Feira terá regras de funcionamento, para evitar aglomeração e transmissão do vírus As feiras livres de Niterói voltam a funcionar a partir da próxima terça-feira (8), anunciou o Prefeito Rodrigo Neves durante pronunciamento nas redes sociais. Será no mesmo dia em que os 82 quiosques da orla poderão reabrir depois de seis meses fechados. As regras de funcionamento devem ser divulgadas nos próximos dias. De acordo com Neves, das sete feiras livres da cidade, a primeira a voltar a funcionar deve ser a do bairro de São Francisco, de acordo com a data em que as atividades aconteciam antes da pandemia. Ao todo, são sete feiras, nos bairros da Engenhoca, Icaraí, Fonseca e Santa Rosa, entre outros. - Esta semana fizemos reuniões com responsáveis das feiras. Vamos autorizar depois de 6 meses porque precisamos retomar, de forma gradual e segura, todas as atividades econômicas possíveis, com protocolos de higiene e segurança - informou. Os quiosques também vão reabrir na terça-feira, com regras como o uso da máscara, álcool em gel e a proibição de aglomeração. A Secretaria de Ordem Pública já está delimitando os espaços nos estabelecimentos prevendo o distanciamento social. - Não vamos permitir aglomeração e desrespeito aos protocolos de funcionamento, que são rigorosos, da mesma forma dos protocolos de funcionamento de bares e restaurantes. É para evitar que a gente perca o controle da pandemia, mas ao mesmo tempo, que a gente possa retomar as atividades econômicas que são importantes para a geração de emprego e renda - ressaltou o Prefeito. Preocupação com o calor O tom do pronunciamento da Prefeitura nas redes sociais voltou a ser de preocupação em relação às praias oceânicas e ao aumento de temperatura da cidade, foi feito um pedido de paciência por parte da população. Tanto o Prefeito Rodrigo Neves como os demais secretários pediram que os niteroienses tenham mais cuidado, que usem a máscara e que evitem aglomeração, para que a cidade não volte a registrar um boom da doença. -Na praia de Icaraí e de São Francisco, temos tido pessoas circulando no horário programado dos protocolos, mas de fato, na Região Oceânica, há mais problemas e pessoas que acessam de outras cidades. Inclusive com transtorno para o morador porque os bloqueios tem que ser feitos para evitar a transmissão do vírus - disse Rodrigo Neves. O Secretário de Ordem Pública (Seop), Paulo Henrique de Moraes, ressaltou que a movimentação nas praias oceânicas está aumentando à medida em que o clima está esquentando. Ele pede que a população evite permanecer na praia, apenas para atividades físicas. Neves comentou ainda que a Prefeitura está realizando a fiscalização nas praias e ruas da cidade para evitar que pessoas se aglomerem ou que andem sem máscara, mas que a própria população pode denunciar irregularidades. - Provavelmente teremos sol neste final de semana em Niterói. Quero aqui fazer um pedido para que a gente faça as atividades físicas permitidas no calçadão, mas que evite aglomeração nas praias - finalizou. Boletim Niterói já chegou a 10.895 casos confirmados de Covid-19. Desses, 84 seguem hospitalizados e 138 infectados estão sendo tratados em isolamento domiciliar. A cidade registrou 376 óbitos em decorrência do coronavírus e 10.301 pessoas recuperadas.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.