Fiscalização de motos barulhentas em Niterói já abordou 150 motociclistas

Cinco foram autuados por infração e multados em R$ 195,23 A fiscalização começou no fim de semana, mas por causa da chuva, só se intensificou nesta quarta-feira: 150 motociclistas foram abordados em cinco operações realizadas pela NitTrans nas zonas Norte e Sul e no Largo da Batalha. Todos receberam material educativo e orientações sobre as normas de emissão de ruídos automotivos. Foram feitas cinco autuações por infração, com multas de R$195,23 Os agentes de trânsito fizeram ações em pontos de moto-táxi no Viradouro, Grota, Vila Ipiranga, São José, Engenhoca, São Januário, Pé Pequeno, Noronha Torrezão, Largo da Batalha e Preventório. Também foram montadas barreiras em Icaraí e em São Francisco, bairros que têm grande concentração de bares e restaurantes e onde há fluxo intenso de motociclistas entregadores. Muitos motociclistas - especialmente nos serviços de delivery, alteram o silenciador, para chamar a atenção dos motoristas para a presença da moto no trânsito. O Código de Trânsito Brasileiro, no entanto, prevê como infração grave conduzir veículo com descarga livre ou silenciador de motor de explosão defeituoso, deficiente ou inoperante. O silenciador é item obrigatório em todos os veículos. A NitTrans informou que desenvolve ações de educação para o trânsito voltadas à conscientização dos motociclistas. Três mil panfletos orientando sobre o ruído excessivo das motocicletas estão sendo distribuídos em pontos de moto-táxi e pontos de entregadores delivery, em restaurantes, lanchonetes, farmácias e outros pontos comerciais onde há intensa circulação de motociclistas. O presidente da NitTrans, Coronel Paulo Afonso Cunha, explica as operações: - É uma infração que o proprietário do veículo assume de forma individual, e ele deve ser fiscalizado por isso. Para além disso, é importante a ação educativa no sentido de convencer estes proprietários de motocicletas de que não há vantagem alguma em usar o escapamento barulhento, pois ele não traz benefícios aos veículos e ainda por cima incomoda a cidade inteira”.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.