Niterói libera reabertura de casas de festas na pandemia a partir de 1º de outubro

Mas protocolos sanitários são rígidos, eventos só poderão durar quatro horas e pistas de dança continuarão proibidas Uma casa de festas de Niterói, antes da pandemia. Foto: Hans Braxmeier/Pixabay Casas de festas poderão reabrir para eventos a partir do dia 1º de outubro em Niterói. Para o funcionamento, porém, tanto os estabelecimentos como os convidados deverão seguir regras de segurança, como o uso da máscara de proteção facial. Pistas de dança seguirão fechadas e o limite é de 30% da capacidade do estabelecimento. Já o momento do “Parabéns” deverá ser feito diretamente das mesas. A autorização foi publicada no Diário Oficial do município, no mesmo decreto que autorizou o retorno dos quiosques e das feiras livres. Saiba mais: Quiosques reabrem e feiras livres voltam às ruas de Niterói No caso das casas de festas, a capacidade do público para cada estabelecimento deve ser calculada em 1 pessoa a cada 4 metros quadrados, não ultrapassando o limite de 30% da capacidade da casa de festa enquanto a cidade estiver no estágio Amarelo 2 da doença (atual). Já no no sinal Amarelo 1, o limite aumenta para 50% da capacidade. O tempo de duração das festas deverá ser reduzido para no máximo 4 horas. A pista de dança deverá permanecer fechada, assim como a oferta de self service. Os convidados vão cantar o ‘parabéns’ das suas mesas. Somente os pais, o aniversariante e irmãos podem ficar ao redor da mesa de aniversário. Nas casas de festas infantis, as atrações/brinquedos com interações entre os convidados, como a piscina de bolinhas, deve ficar fechada. Já nos demais brinquedos, a a capacidade deve ser reduzida em 50%. Personagens vivos, que possam gerar aglomerações estão proibidos e deverá ser estimulada as brincadeiras individuais, sem compartilhamento de material. Rastreamento de convidados De acordo com o decreto, os convidados devem receber previamente uma cartilha com os protocolos que precisarão ser seguidos no dia da festa. Antes do evento, a contratante deverá fornecer uma lista com nomes, telefones e município de residência dos convidados para controle na entrada e possível contato pós-evento, caso necessário. Além disso, no período de, no máximo, três dias antes do evento, a casa de festa deverá realizar rastreamento de convidados que estejam sintomáticos ou tenham contatos próximos positivos. Será recomendado ao contratante que o convidado que esteja nessa condição seja vetado por questões de segurança sanitária. De acordo com o decreto, o rastreamento poderá ser terceirizado e/ou compartilhado pela casa de festas, mas a Prefeitura não explicou como o rastreamento deverá ser realizado. Mesas e cadeiras deverão seguir distanciamento de dois metros Foto: Reprodução Distanciamento e higienização De acordo com o decreto, o distanciamento entre os convidados será obrigatório, de no mínimo, 1,5 metros em ambientes abertos e de 2 metros em ambientes fechados. Dispensers de álcool em gel deverão ser espalhados por locais estratégicos, assim como cartazes de orientação ao uso de máscaras faciais obrigatória e para higienização correta das mãos. A limpeza e desinfecção de todos os ambientes deverá ser diária, mas banheiros, lavatórios, vestiários e salão deverão ser higienizados a cada uma hora de evento. Veja: Velocidade de avanço da Covid-19 em Niterói surpreende, quando situação parecia estável Para a reorganização das mesas, sugere-se a retirada das mesas e posicionamento com o distanciamento de 2 metros. Se não for possível, é orientado a interdição das mesas como indicado na figura. Será permitido sentar pessoas do mesmo núcleo familiar, ou seja, que morem juntos, respeitando o número máximo de 8 pessoas por mesa. Todos os convidados e funcionários vão passar pela aferição de temperatura com a utilização de termômetros. Se verificada temperatura superior de 37,2° e/ou a presença de sintomas de gripe/resfriado, o cliente/trabalhador deverá ser orientado a buscar ajuda médica. Álcool em gel e tapetes sanitizantes também deverão ser disponibilizados.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.