Niterói mantém aulas presenciais suspensas até 30 de setembro

Decreto do Prefeito admite autorizar volta antes, caso a situação da pandemia na cidade melhore Sala de aula vazia: suspensão vale até 30 de setembro A suspensão das aulas presenciais nas escolas de Niterói foi prorrogada até 30 de setembro pelo Prefeito Rodrigo Neves, mas a medida poderá ser revista caso os índices de Covid-19 apontem melhora. A informação foi publicada no Diário Oficial do município neste fim de semana. Na quinta (27), o Prefeito já tinha anunciado a prorrogação das medidas de restrição de circulação na cidade, sem dar detalhes e sem deixar claro se as medidas também valeriam para o funcionamento das escolas de Niterói. A incerteza se dava porque o Município tinha sinalizado, para o Sinepe-RJ (o sindicato das escolas particulares) a expectativa de liberar o retorno do Ensino Médio privado para o próximo dia 14. Leia mais: Sindicato de professores de Niterói é contra volta às aulas presenciais e notifica escolas privadas

Mas o decreto da Prefeitura deixa claro que a medida ainda não foi descartada. Ao anunciar que ficam suspensas as aulas nas instituições que integram o Sistema Municipal de Ensino de Niterói e que está vedada a retomada das aulas nas demais instituições particulares e estaduais, há um aviso:

"A depender da evolução dos casos poderá ser retomada, de maneira gradativa, e obedecendo aos protocolos de funcionamento já estruturados pelas áreas da Saúde e Educação, a atividade presencial das escolas, começando prioritariamente pelo Ensino Médio", diz texto do decreto. Confira: Colégios de Niterói já avisam famílias sobre volta às aulas presenciais Atualmente, a cidade está classificada no estágio Amarelo Nível 2. As aulas presenciais somente poderão retornar, conforme o plano de retomada gradual para o novo normal, quando Niterói atingir o estágio Amarelo Nível 1. O sinal é calculado semanalmente entre quinta e sexta-feira.

De acordo com o decreto municipal, fica mantida a recomendação de isolamento social no município até o dia 30 de setembro, com prioridade de saída da residência apenas por motivos de trabalho, compra de gêneros alimentícios, ida a farmácias e médicos. É obrigatório o uso de máscara facial, sob pena de aplicação de multa instituída em lei. Leia mais: O que falta para Niterói passar para novo estágio de controle da Covid?

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.