Niterói não passa no teste da Covid e mantém Alerta Máximo

Prefeito diz que não houve melhoras nos indicadores da pandemia no município Na Moreira César, nos horários de comércio aberto, o movimento já é tão intenso como antes da pandemia O último boletim da Prefeitura sobre a situação da Covid-19 em Niterói, divulgado nesta segunda-feira (24) pela Prefeitura, registra que foram confirmados mais 457 casos em sete dias, a maior taxa nas últimas cinco semanas. Atualmente a cidade está no estágio Amarelo 2, com 10.185 casos confirmados e 353 óbitos. São 80 pessoas hospitalizadas, 128 em isolamento domiciliar e 9.624 pacientes recuperados. Há cerca de três semanas, o Prefeito Rodrigo Neves chegou a dizer que a situação da doença no município “não estava melhorando e nem piorando”. Tinha, segundo ele, estagnado devido à maior flexibilização no funcionamento de comércio e empresas. Leia mais: Comitê Científico desaconselha a volta às aulas em Niterói. Em pronunciamento na noite desta segunda-feira (24), o Prefeito voltou a dizer que Niterói mantém o controle da pandemia e que não há um aumento expressivo de casos e óbitos. Mas diz que é preciso manter o cuidado com a movimentação entre a cidade e os municípios vizinhos. - Estamos há cinco semanas em um platô, os casos não aumentam de maneira significativa. Esperamos, com a perseverança de cada um de nós, evoluir para o Amarelo 1 nos próximos dias - disse. O índice que mede o avanço do Covid-19 é calculado com base em 12 indicadores que consideram dados de ocupação dos leitos, taxa de transmissão do coronavírus, novos casos e óbitos. Cada indicador tem um peso, e o resultado dos números aponta o atual estágio da cidade no sistema de cores. Entre zero e cinco, é considerado amarelo 1, e entre cinco e 10, o nível amarelo 2 - atual. Nas últimas semanas, o indicador vem oscilando entre os índices de 6,13 e 6,63, puxado pela quantidade de casos confirmados nos sete dias anteriores. No relatório do dia 20, há a confirmação de 457 novos casos de Covid-19, o maior das últimas cinco semanas. Já em relação ao número de mortos, foram registrados 16 novos óbitos. Semana passada, no dia 14, foram registrados 330 novos casos, na semana anterior, até o dia 7 foram 360. Já no dia 31 de julho eram 347 e no dia 24, 260. A prefeitura costuma ressaltar que nem sempre o número de casos confirmados na semana reflete a situação atual da cidade, uma vez que a confirmação da doença depende de exames clínicos. Até o momento a Prefeitura não respondeu aos questionamentos sobre este novo aumento e nem deu informações sobre os casos referentes à última semana. Veja: Soro do Vital Brazil poderá ser remédio contra Covid, diz presidente do instituto. Outro índice que aumentou foi a taxa de crescimento de pacientes internados em leitos clínicos. O indicador que mede o "número de pacientes internados no último dia" era de 78 no dia 14, mas subiu para 100 no dia 20. Por outro lado, o indicador que mede o “número de pacientes internados em leitos clínicos há sete dias atrás” diminuiu de 96 para 78 no dia 14. Com base nestes números, o Comitê Científico recomendou à Prefeitura não apressar a volta às aulas, até que a cidade passe para o estágio de alerta Amarelo 1. Para os especialistas, não houve melhora nos indicadores, é um “platô” que não permite mudança.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.