Niterói não passa um dia sem contar mortos pela Covid desde 1º de maio

Cidade soma 494 mortos pelo coronavírus desde o início da pandemia Desde que a Covid chegou a Niterói, em meados de março, e registrou a primeira morte, no dia 19, os moradores se acostumaram a acompanhar os boletins com o número de casos e mortes. Desde o dia 1º de maio, Niterói não teve um único dia sem registrar novos mortos pela pandemia. Nas últimas dez semanas, os números oscilam entre 11 e 13, segundo os boletins diários divulgados pela Prefeitura, formando um incômodo platô, como advertem os epidemiologistas. Leia também: Aumenta o número de pacientes com Covid em UTIs de Niterói Mortes por semana, de acordo com os boletins diários da Prefeitura Nos meses de maio e junho a doença chegou ao pico e Niterói registrou 28 mortos numa única semana, de acordo com os boletins diários. Nos dados revisados que a Prefeitura divulga no sistema de gestão da informação, o SIGeo, organizando os casos pela data de ocorrência do óbito e não pelo dia de notificação, o número foi ainda maior: 57. Apesar da redução dos casos, notadamente a partir de agosto, a doença tem registrado uma média de 1,8 vítimas fatais por dia. Em relação ao número de novos casos, em alguns momentos os registros oscilaram em função da disponibilidade de kits de teste. Nos boletins diários, aparece um salto em maio e mais adiante em agosto. Nos dados revisados exibidos no painel da Covid no SIgeo, a concentração de casos acontece também em maio e junho. No platô que a cidade se encontra, a quadragésima-quinta semana epidemiológica registrou o pior número desde julho, 553 casos.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.