No Dia Mundial da Fotografia, quem ganha o presente é o morador de Niterói

Fotojornalista faz ensaio com imagens da cidade para celebrar a sua arte Texto e fotos de Gustavo Stephan Luz perfeita faz brilhar o mar em Icaraí Paisagem do Cristo e do Pão de Açúcar a partir de Piratininga No dia 19 de agosto de 1839 foi registrado o invento do francês Louis Daguerre. Meses antes, a primeira imagem fora fixada numa chapa metálica. Foi a descoberta da fotografia. Havia uma corrida dos inventores na tentativa de fixar as imagens desde o início do século XIX. Em janeiro de 1840 foi feita a primeira fotografia na América do Sul, na Praça Quinze, pelo francês Louis Comte. Se a fotografia fosse feita na outra margem da Baía de Guanabara, provavelmente o registro seria da paisagem do relevo das montanhas do Rio de Janeiro. É impossível não se deslumbrar com esse cenário rodeado pelas águas. Niterói é uma cidade perfeita para essa arte, do Barreto até a Praia de Itacoatiara, sua orla encanta os amantes da fotografia. Esse pequeno ensaio sobre a cidade é para comemorarmos os 180 anos da fotografia no Brasil. Hoje é o Dia Mundial da Fotografia. Cidade abençoada também do lado de cá da Baía de Guanabara O MAC, a ponte, a poesia da fotografia de Stephan Fim de tarde na Praia de Icaraí A beleza de Niterói convida à contemplação em diversos pontos da cidade

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.