Novas regras para acesso à Praia de Itaipu saem nesta quinta

Prefeitura vai anunciar medidas para conter aglomerações na orla Por Suzana Moura Praias de Niterói ficaram lotadas último fim de semana de sol A aglomeração nas praias da Região Oceânica em meio à pandemia de Covid-19, que ainda contamina e mata na cidade e na Região Metropolitana, tem provocado reações e divide opiniões. O Prefeito Rodrigo Neves anunciou na última segunda-feira (14) que tomará medidas severas em relação ao problema, principalmente na Praia de Itaipu, onde o tumulto de pessoas tem causado aglomerações perigosas para a contaminação por coronavírus, além de congestionamentos. Leia mais: Praia de Itaipu vai sofrer intevenção por causa da aglomeração na pandemia Até esta quarta-feira (16), porém, a Prefeitura não adiantou que medidas vai tomar. As anunciadas barreiras nos acessos às praias da Região Oceânica não têm funcionado. Niterói se encontra atualmente no estágio amarelo nível 2 do Plano de Transição Gradual para o Novo Normal. Desde o dia 21 de maio, quando se tornou obrigatório o uso de máscaras na cidade, já foram aplicadas mais de mil multas no valor de R$ 180. A Secretaria de Ordem Pública informa que os agentes da Guarda Municipal seguem atuando na fiscalização nas praias e em barreiras de acessos ao município, intensificando o trabalho de abordagem voltada para o educacional e a conscientização. Morador de Camboinhas há cerca de 5 anos, o publicitário Marcelo Azevedo conta que, aos fins de semana, está impraticável sair do bairro e que o acúmulo de carros estacionados pelas ruas do local só aumenta. - Às 9h da manhã já não tem mais lugar para estacionar próximo à praia, só deixando o carro mais longe. Além disso, o trânsito está um absurdo. Se eu sair de carro para fazer alguma coisa rápida pela manhã em fim de semana ensolarado, já vou perder pelo menos quase meia hora para conseguir passar da rotatória até minha casa. A impressão que eu tenho é que a praia está mais cheia agora em período de pandemia do que antes - conta. A Seop lembra que as praias da cidade estão liberadas apenas para atividades físicas individuais. De acordo com as regras, o horário para a prática de atividades físicas no calçadão e nas areias é das 6h às 12h30m e das 16h às 22h. No fim de semana passado, com o calor e o sol, as praias ficaram lotadas. Em Itaipu era enorme o movimento de banhistas. Como às 12h30m a Guarda pede para as pessoas saírem, o que se vê são famílias inteiras que vão para os canteiros e as ruas em frente à praia, com isopores, e ficam aglomeradas do mesmo jeito, ou ainda mais próximas, enquanto esperam o horário em que é permitido voltar para a areia. - Eu passei caminhando tanto na Praia de Itaipu como na de Itacoatiara no domingo. De longe, do asfalto, fiquei muito assustada, muito preocupada com o que vi. Era aglomeração desde cedo. Até na Prainha de Itacoatiara havia muita gente, todo mundo sem máscara e sem respeitar o distanciamento seguro numa pandemia terrível como esta - contou Angelina Soares, de 52 anos, moradora da Avenida Francisco da Cruz Nunes. A Seop informou ainda que a Guarda Municipal de Niterói seguirá fiscalizando as praias e barreiras com o objetivo de fazer cumprir os decretos municipais de prevenção sanitária e combate à Covid-19. As medidas foram prorrogadas até 30 de setembro. Estacionamento Na semana passada a Prefeitura anunciou que, para evitar aglomerações, o estacionamento em cerca de dez ruas da Região Oceânica, próximas à orla, estaria permitido apenas para moradores, veículos de emergência e prestadores de serviços de utilidade pública até o dia 30. A proibição também valeria para áreas de estacionamento criadas nas praias da Região Oceânica. Mas não foi o que se viu, com o acesso liberado às praias e estacionamento por toda a orla. Para estacionar, os moradores devem apresentar algum comprovante de residência. Os agentes de trânsito terão apoio de reboques, para a execução da medida administrativa de remoção, nos casos de desobediência. As vias com estacionamento proibido são: Avenidas Almirante Tamandaré, em Piratininga; Beira Mar, Prof. Carlos Nelson Ferreira dos Santos, Dr. Geraldo de Melo Ourivio e Rua Jaime Bittencourt, em Camboinhas; Estrada Francisco da Cruz Nunes, no trecho compreendido entre a Praça Silva Jardim e a Rua Póvoa de Varzim, em Itaipu; Avenida Beira Mar e ruas das Papoulas, das Orquídeas (trecho compreendido entre a Av. Beira Mar e a Rua das Rosas), Matias Sandri (entre a Av. Beira Mar e a Rua das Rosas), em Itacoatiara.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.