O novo Arraiá Digitár na pandemia de Covid em Niterói

Festas juninas vão ser realizadas on-line na cidade Por Melina Amaral O grupo Lekolé. Foto: Divulgação “Alavantú pra tu, anarriê pra eu / Tu no teu canto e eu dançando aqui no meu / Vontade voa e a saudade cria asa / Vai ter São João, mas cada qual na sua casa”. Os versos cantados pela banda de forró nordestina Mastruz com Leite revelam que um dos festejos mais aguardados de nosso calendário não será o mesmo em 2020. Mas sem a chama da fogueira para aquecer as noites de inverno, sem aquela animada e indispensável aglomeração na grande roda, e com as atividades da barraca dos beijos e abraços temporariamente suspensas, só resta apelar para a criatividade e para a tecnologia, em tempos de pandemia. E em Niterói, cidade fluminense que tem São João como seu padroeiro, as festividades juninas estão se adaptando à realidade do isolamento social. Neste sábado (20), a partir das 15h, uma live com o grupo Lekolé, organizada pela rede Baby Gym, promete animar a tarde dos pequenos com quadrilha e muitas brincadeiras, ao som da sanfona de Kuko Moura. O evento será aberto ao público e transmitido pelo perfil do Instagram @meubabygym. - Há alguns anos, damos aula de musicalização na Baby Gym e, anualmente, realizamos festas juninas com as turmas. Em 2020, não poderia faltar o nosso tradicional arraiá. Adaptamos a festa e teremos contação de história com tema junino, brincadeiras típicas com materiais fáceis de se ter em casa e uma quadrilha adaptada. Então preparem as caipiras, pois alegria não vai faltar! - diz Letícia Poppe. A companhia de teatro musical infantil está se reinventando nessa quarentena e oferecendo diversos serviços on-line, como teatro de fantoches, contação de histórias com músicas personalizadas, videochamadas, serenatas na calçada e animações de festas em geral. E, nos meses de junho e julho, estão com o pacote especial de Festa Junina para grupos particulares, escolas e quem mais se interessar. Festa junina do ano passado na Casa Convívio. Foto: Divulgação Outro arraiá virtual que também vai embalar a tarde deste sábado, a partir das 17h, com os clássicos das quermesses, será a festa em benefício da Casa Convívio dos Anawin, um centro de convivência que atende cerca de 70 idosos. Com o tema “Vamos pular essa fogueira e vencer a Covid-19”, o evento será transmitido pelo canal do YouTube do DJ Robert Simas, que é voluntário na instituição beneficente. - O evento terá 1h30 de duração. Vamos exibir fotos de eventos antigos, com a participação dos convivas - como carinhosamente chamamos os idosos -, de seus familiares, funcionários e voluntários. Além disso, teremos clipes musicais de forró, gravações de quadrilhas e festas de grande porte. Tudo junto e misturado. A ideia é que todos se distraiam! - destacou Simas. Além de levar alegria e esperança aos convivas e público em geral, o evento também tem como objetivo arrecadar doações para a manutenção da Casa Convívio, que está com suas atividades temporariamente suspensas devido à pandemia. O espaço oferece atendimento diurno e continuado, sem que os idosos percam o vínculo familiar, e não recebe verbas públicas e nem mensalidades, contando apenas com contribuições voluntárias. Idosos em festa junina na Casa Convívio, antes da pandemia. Foto: Divulgação Já no próximo dia 26, às 17h, será a vez de queimar as calorias da canjica, da pamonha e demais quitutes em um aulão de dança organizado pela professora Renata Pacheco. Com duração prevista de 1h, a “Festa Junina Dance Mix” vai contar com ritmos variados e todos os participantes devem estar a caráter. A aula será transmitida pela plataforma Zoom e as inscrições devem ser feitas por mensagens via direct, no perfil do Instagram @rebecaamp. - Para participar da aula as pessoas devem comprar uma ou mais rifas, no valor de R$ 10, e ao fim do evento vou sortear um conjunto de roupa fitness, com intuito de incentivar a todos a se movimentarem nesta quarentena. Todo o dinheiro arrecadado com as rifas será destinado à Associação Casa do Cão e Gato - explicou Renata. A organização sem fins lucrativos, que depende de doações para se manter, funciona como um abrigo temporário para cerca de 200 bichinhos. Eles são alimentados, recebem atendimento veterinário, vacinas e demais cuidados, enquanto aguardam um lar definitivo ou alguém para apadrinhá-los. Quem também está adaptando as tradicionais quermesses para o modelo on-line são as escolas da cidade, conhecidas por promoverem todos os anos grandes festas. Uma delas é o Marly Cury, que no dia 27 realizará seu “Arraiá Virtuá”, por meio de um hotsite criado especialmente para o evento. E com direito a decoração fornecida pelo colégio para enfeitar as casas dos alunos. Das 10h às 13h, estudantes e familiares poderão participar ao vivo de contações de histórias, jogos e brincadeiras, além de enviar fotos com trajes típicos. Tudo isso, acompanhado de muita música e dança. Um vídeo book com receitas juninas de dar água na boca, produzidas previamente pelas famílias, também será disponibilizado. - Estamos preparando uma surpresa carinhosa para saudar os visitantes, além de atividades ao vivo e até uma grande quadrilha. Após a festa, o site permanecerá no ar, para que todos continuem se divertindo e explorando as brincadeiras, receitas e músicas. Será um momento para reunir as famílias e proporcionar às crianças, mesmo que de forma diferente, o sabor de uma das festas mais queridas do nosso calendário! - informou Gláucia Costa Lewikci, da coordenação e direção do Colégio Marly Cury. Então prepare a sua caipira e pendure as bandeirinhas, pois vai ter São João com alegria e segurança, sim sinhô!

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.