Parque Rural terá equoterapia social, cursos, atividades esportivas e culturais

Espaço com 10 mil metros quadrados é entregue no Engenho do Mato O Parque Rural de Niterói, entregue nesta terça pela Prefeitura. Foto: Dougas Macedo Um projeto de equoterapia social com aulas gratuitas, cursos técnicos em diferentes áreas, incentivo a prática esportiva e eventos culturais são algumas das atividades que acontecerão no Parque Rural de Niterói. O novo espaço, que foi construído em uma área de aproximadamente 10 mil metros quadrados no Engenho do Mato e conta com pista coberta para atividades equestres, foi entregue pelo prefeito Rodrigo Neves nesta terça-feira (27). A presidente da Associação de Moradores do Engenho do Mato e coordenadora geral do Parque, Simone Siqueira, lembrou que a elaboração do projeto contou com a participação dos moradores e também dos criadores de cavalo da região. Para isso, foi desenvolvido um grupo de trabalho que dialogou com os técnicos da Prefeitura sobre as demandas para a implantação do novo espaço. A área do Parque vai abrigar atividades culturais, esportivas, sociais, de meio ambiente e educação. A estrutura conta com quadra poliesportiva, academia para terceira idade, cantina, auditório, brinquedos, escritórios, além de um espaço destinado à sede do Clube do Cavalo. O investimento do município no projeto foi de R$5,7 milhões. Carlos Lamparão, coordenador dos haras da região, integrante do Clube de Cavalo e morador do bairro, destacou a importância do projeto. - Este é um sonho antigo que estamos conseguindo realizar. Esta iniciativa será muito importante para os moradores do bairro, criadores de cavalo e haras da região. Será fundamental podermos preservar esta característica rural do Engenho do Mato, que agora terá uma grande referência com a abertura do Parque - disse. Moradora do Engenho do Mato há quatro anos, Lívia Almeida, 20, é mãe do pequeno João Vitor, 4, que frequenta as aulas de equoterapia ministradas por um dos haras da região, e não escondia a satisfação com a abertura do novo espaço. - Meu filho tem encefalopatia e desde que começou com a equoterapia tem tido muitos progressos, inclusive na questão do equilíbrio. Este espaço, com certeza, é muito importante e trará muitos benefícios para todos. Sem dúvida, é uma grande conquista - disse ela.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.