Programas sociais beneficiam 50 mil pessoas em Niterói

Assistência foi prorrogada até dezembro Luciana: cartão foi bem vindo, com filho em casa, sem aulas. Foto: Douglas Macedo Os programas Renda Básica Temporária e o Busca Ativa, através dos quais a Prefeitura concede auxílio de R$ 500 por mês para cerca de 50 mil famílias serão mantidos até dezembro, para permitir que profissionais e chefes de família retomem sua vida, depois da pandemia. - Nosso objetivo sempre foi não deixar ninguém desamparado durante este período tão difícil que estamos passando ao enfrentar essa pandemia, no contexto dessa gravíssima crise de saúde, social e econômica - ressaltou o prefeito Rodrigo Neves. O autônomo Roberto Carlos Rocha, 55 anos, morador da Comunidade do Caramujo, foi um dos beneficiados. Segundo ele, o programa evitou que as pessoas fossem para a rua no momento mais crítico da epidemia.”Ficamos assustados, sem planos e sem visão de futuro, de mãos atadas. Foram muitos transtornos, não só financeiros, mas de instabilidade e medo.” Luciana Santos de Oliveira, 37 anos, moradora do Caramujo, e mãe de uma criança de quatro anos, ficou assustada com a pandemia. - Estava prestes à começar em um emprego novo quando começou o isolamento. Por conta disso, a empresa dispensou as contratações. Foi desesperador. No primeiro mês recebi uma cesta básica da Prefeitura que foi para crianças das escolas municipais. Meu filho tem quatro anos e ficava no integral. Eu ficava tranquila porque as refeições eram na escola. Agora ele fica o dia inteiro em casa e ainda toma mamadeira. Sem o cartão, acho que teria dificuldades para manter o leite dele - disse Luciana aliviada.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.