Quarentena em Niterói

As primeiras medidas restritivas de combate ao coronavírus foram tomadas em Niterói no dia 14 de março. A partir de 23 de março, a quarentena ficou mais rígida, e apenas os serviços essenciais foram mantidos: farmácias, mercados, supermercados, postos de combustíveis, padarias, pet shops, clínicas médicas e odontológicas, laboratórios de imagem e clínicas de vacinação, hotéis e clínicas veterinárias para casos de urgências. Desde abril, os acessos à cidade são restritos a profissionais essenciais, que precisam
comprovar suas funções para ingressar no município. No fim de abril, uma “janela” foi aberta por uma semana, permitindo o funcionamento de outros estabelecimentos. Mas, terminado o prazo de abertura, a quarentena foi retomada e prorrogada até 15 de maio, com as seguintes restrições: - Praias e espaços públicos seguem fechados; - Estabelecimentos comerciais não abrem – apenas os essenciais; - Aulas continuam suspensas até 30 de maio; - Eventos e aglomerações continuam proibidos em toda a cidade; - Acesso à cidade segue restrito aos profissionais de serviços e comércio essenciais; - Frota de ônibus intermunicipais que chegam a Niterói segue reduzida a 30%; -Táxis de outros municípios não podem entrar na cidade; - Uso de máscara é obrigatório em toda a cidade. Fonte: Prefeitura de Niterói

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.