São Gonçalo abre novos leitos para emergência na pandemia

Filas para realização de novos testes chegou a dobrar esquinas nesta segunda por Gabriel Gontijo Na tentativa de conter o avanço da Covid-19 em São Gonçalo, a Secretaria Municipal de Saúde anunciou nesta segunda, 23, a abertura de dez leitos nos hospitais de referência no tratamento da doença. Atualmente, o município tem 80% dos leitos ocupados.

A cidade conta neste momento com 130 leitos para pacientes contaminados pelo Covid-19. Além disso, o prefeito José Luiz Nanci determinou a abertura de outros 60 leitos no segundo andar do Hospital de Retaguarda Gonçalense, unidade adquirida pelo município no início da pandemia. A prefeitura neste momento está construindo, em caráter emergencial, rampa de acesso até o piso superior.

Hoje, o Centro de Triagem da Prefeitura de São Gonçalo apresentou uma fila volumosa no local. Inúmeras pessoas aguardavam a vez para a realização de testes rápidos para detectar a doença. Como consequência, a fila chegou a dobrar a esquina. Em contato feito pelo "A Seguir, Niterói", a assessoria de comunicação da Prefeitura informou que houve uma "corrida" aos postos que realizavam os testes. Além disso, a prefeitura alega que desde sexta (20) o número de exames passou a ser de 600 por dia. Anteriormente, a média de testes ficava entre 100 a 200 feitos diariamente. Explosão de internações em unidades da rede particular

Jornalista que trabalhou na atual campanha política municipal, Rodrigo Rebechi nem pôde votar. O motivo foi a Covid-19. Tendo dado entrada no Hospital e Clínica São Gonçalo três dias antes do pleito, ele relata que a recepção do local estava "relativamente vazia". Isso aconteceu na quinta-feira, dia 12. Mas passados apenas quatro dias, na segunda, dia 16, o panorama mudou. A esposa de Rebechi, Paula, precisou dar entrada no mesmo hospital também pela doença e era visível o aumento da ocupção do hospital.

- O movimento no hospital na internação dela era bem grande. Só pra se ter uma ideia, as cadeiras que estavam intercaladas, uma podendo sentar e outra não, já não estavam mais dessa forma, estavam todas ocupadas, simplesmente pela falta de espaço. E isso foi antes das medidas restritivas do Prefeito. Já era um efeito da curva ascendente - explicou Rebechi.

De acordo com o boletim divulgado no final da tarde desta segunda, a Secretaria Municipal de Saúde de São Gonçalo informou mais cinco pessoas morreram pela doença em apenas 24 horas. Ao todo, a cidade tem 22.347 casos confirmados, com 746 óbitos confirmados e 20 mortes em investigação. Com isso, a cidade regrediu do estágio Amarelo 1, de baixo risco de contaminação, para Amarelo 2, com risco médio, de acordo com medição do covidímetro.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.