São Gonçalo termina o ano com mil mortes por Covid mas novo prefeito fala de obras na posse

O último boletim publicado pela Prefeitura, dia 30, apontava 991 óbitos e 32 mil casos da doença O novo prefeito de São Gonçalo, Capitão Nelson (Avante), o tomou posse nesta sexta, junto com 27 vereadores eleitos na Câmara Municipal, anunciando que o momento é "de união e reconstrução". O Prefeito prestou homenagem aos quase mil cidadãos da cidade que faleceram em 2020 em decorrência ao coronavírus, mas não detalhou as ações que vai adotar no combate à doença. Preferiu anunciar obras. - "É o meu dever e dever de cada vereador alcançar a máxima dedicação e trabalho contra o coronavírus e também outra pandemia que São Gonçalo sofre há décadas: descaso. De acordo com o boletim atualizado da Secretaria Municipal de Saúde, a cidade de São Gonçalo registrou 12 óbitos em decorrência do novo coronavírus (Covid-19) nesta quarta-feira (30), chegando a 991 no total. Até o momento, São Gonçalo contabiliza 32.540 casos confirmados, 29.841 curados, 63 hospitalizados na Rede Pública Municipal de Saúde, 1.645 em quarentena domiciliar, 991 óbitos confirmados e 75 óbitos em investigação. São Gonçalo vem registrando desde novembro um forte avanço da Covid, e teve que ampliar a capacidade de testagem e de atendimento hospitalar. O aumento do número de mortes na cidade vizinha tem sido uma das razões para a sobrecarga do cemitério do Maruí.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.