TRE do Rio: eleições ocorrem de forma tranquila no Estado

Desembargador Cláudio Brandão diz que não houve ocorrência grave nesta manhã O presidente do TRE/RJ, Cláudio Brandão de Oliveira, em coletiva neste domingo. Foto Divulgação O presidente do TRE-RJ, desembargador Cláudio Brandão de Oliveira, afirmou que a eleição transcorre de forma tranquila nas primeiras horas deste domingo (15) no Estado do Rio. A declaração foi dada em coletiva na sede do tribunal, no Centro do Rio. Os problemas citados pelo juiz foram considerados normais, como situações de boca de urna. -O processo começou e não houve nenhuma situação muito grave. O que aconteceu foram alguns problemas com urnas, que já estão sendo reparadas. Outra situação foram questões pontuais envolvendo boca de urna, mas sem nenhum tipo de ameaça ao eleitor. Até o momento todo o processo eleitoral no Estado do Rio de Janeiro transcorre dentro de normalidade. Não há nenhum fato que seja considerado fora do normal até o momento - afirmou. Em relação à boca de urna, o desembargador afirmou que foram “três ou quatro”, mas não especificou em quais lugares aconteceram. De acordo com o presidente do TRE, essa é uma questão que já costuma ser resolvida pelo juiz da zona eleitoral e que quando é passada ao tribunal é porque já se encontra solucionada. Em relação à dificuldade que alguns eleitores têm encontrado para justificar o voto através do aplicativo e-título, afirmou que "esse é um problema nacional”. Segundo o desembargador, o Tribunal Superior Eleitoral já está atuando para resolver essa questão. No que diz respeito às aglomerações, Cláudio Brandão Oliveira explica que parte das filas grandes se deve ao fato de pessoas terem chegado antes da abertura dos portões das zonas eleitorais. Afirmando que “esse tipo de problema não tem como ser resolvido” por ser fora da alçada da Justiça Eleitoral, alegou que “boa parte dos problemas dessas filas foram resolvidos assim que os portões se abriram”. -O cuidado sanitário com as pessoas faz com que o processo seja um pouco demorado. E nesse momento a prioridade é para os idosos, alguns demoram um pouco mais a votar. A gente espera que essa não seja uma característica dessa eleição, mas é lógico que pode acontecer em um lugar ou outro - disse o presidente do TRE-RJ ainda sobre a questão das filas. sfadjksfdakjlfsd

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.