Volta às aulas em Niterói deve começar pelo Ensino Médio, prevê prefeito

Rodrigo Neves ressaltou que os protocolos e diretrizes ainda estão sendo estudados para quando a reabertura das escolas for possível Por Carolina Ribeiro O Prefeito Rodrigo Neves afirmou que a Prefeitura dará início, nas próximas semanas, a reuniões de treinamentos e discussões para autorizar a reabertura das escolas públicas e privadas do município. A prioridade de retorno deve ser para alunos do Ensino Médio. De acordo com Neves, a decisão será tomada depois que a cidade atingir o nível amarelo 1, cuja previsão permanece para o fim de agosto. O Prefeito disse ainda, em pronunciamento nas redes sociais, que o Gabinete de Crise e especialistas do Comitê Científico Consultivo estão há mais de 50 dias estruturando os protocolos de segurança para quando o retorno das aulas presenciais for possível. -Muito provavelmente teremos, conforme a experiência internacional e a ciência indicam, uma retomada gradual primeiro pelo Ensino Médio, depois para o Ensino Fundamental e então a Educação Infantil - adiantou. De acordo com o plano de retomada da Prefeitura, escolas e universidades somente serão liberadas quando a cidade atingir o estágio amarelo nível 1. Rodrigo Neves voltou a afirmar que Niterói está com a pandemia sob controle e que a previsão é de avançar de estágio até o fim do mês. - Ao longo das próximas semanas realizaremos um conjunto de reuniões de treinamento e discussões de protocolos, como fizemos nos outros setores, para que tudo seja feito com muita prudência e responsabilidade, garantindo a trajetória de queda de casos e óbitos por Covid-19 em Niterói - explicou. Sem dar muitos detalhes, Neves confirmou que a Prefeitura realizou uma reunião com dirigentes das escolas privadas de Niterói, conforme o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado do Rio de Janeiro (SINEPE-RJ) já havia antecipado ao A Seguir: Niterói. A entidade também não divulgou o teor da reunião. O Governo do Estado liberou a reabertura das escolas em áreas consideradas de baixo risco para o Covid-19, como Niterói, a partir do dia 14 de setembro, mas cabe à Prefeitura determinar a volta às aulas presenciais de todos os segmentos na cidade. Em Niterói, as aulas estão suspensas até 31 de agosto. Boletim - Niterói chegou a 9.953 casos confirmados de Covid-19 nesta quinta-feira (20). Desses, 9.409 recuperados já estão recuperados. Porém, 81 pessoas seguem hospitalizadas e 120 estão em isolamento domiciliar. A cidade já registrou 343 óbitos.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.