Votação tranquila em Niterói, com respeito às normas sanitárias

Expectativa é quanto a possível aumento da abstenção em função dos riscos da Covid Votação respeitou distanciamento, máscaras e álcool em gel. Foto: Gustavo Stephan No lugar de cabo eleitoral fazendo boca de urna, vendedores de caneta e álcool gel. Os cuidados em relação ao coronavírus estão sendo a marca destas eleições, que acontecem com tranquilidade, sem aglomerações. A votação começou mais cedo que o normal, às sete da manhã as urnas foram abertas. Já tinha gente na porta esperando para votar antes da fila começar. O chão já estava coberto de santinhos. Distanciamento e desconfiança. Álcool em gel por toda parte. O horário da manhã, até as dez horas, foi reservado aos eleitores com mais de 60 anos. Mas os cuidados contra a Covid serão mantidos durante todo o dia. Neste domingo,15, 391.268 eleitores da cidade vão escolher o novo Prefeito da cidade, depois de oito anos de Rodrigo Neves: Allan Lyra, do PTC; Axel Grael, do PDT; Deuler da Rocha, do PSL; Felipe Peixoto, do PSD; Flávio Serafini, do PSOL; Juliana Benício, do Novo; Renata Esteves, do PMB; Sérgio Perdigão, do PSTU; e Tuninho Fares, do DC. Também terão que marcar na urna o número do candidato a vereador, entre os mais de 700 inscritos. O presidente do TRE-RJ, desembargador Cláudio Brandão de Oliveira, afirmou que a eleição transcorre de forma tranquila nas primeiras horas deste domingo (15) no Estado do Rio. A declaração foi dada em coletiva na sede do tribunal, no Centro do Rio. Os problemas citados pelo juiz foram considerados normais, como situações de boca de urna. O Presidente do TRE, desembargador Cláudio Brandão de Oliveira - O processo começou e não houve nenhuma situação muito grave. O que aconteceu foram alguns problemas com urnas, que já estão sendo reparadas. Outra situação foram questões pontuais envolvendo boca de urna, mas sem nenhum tipo de ameaça ao eleitor. Até o momento todo o processo eleitoral no Estado do Rio de Janeiro transcorre dentro de normalidade. Não há nenhum fato que seja considerado fora do normal até o momento - afirmou. As regras para a votação são rigorosas, e estão sendo efetivamente cumpridas. Ninguém pode entrar sem máscara. Em algumas seções há marcas no chão, mas não em todas. Os eleitores devem aguardar a hora do voto a uma distância de pelo menos um metro e meio do eleitor seguinte. Não se deve levar crianças para a votação. Na entrada, deve-se usar álcool em gel. O eleitor exibe o título e a documentação à distância para o mesário. Recomenda-se que cada um leve a própria caneta, obrigatoriamente azul, para assinar a ficha de votação. Para reduzir o risco de contágio na urna, a biometria foi abandonada. Com a mesma preocupação de reduzir o tempo na seção eleitoral, o TRE recomenda que se leve uma cola, com o número dos candidatos. Na saída, mais álcool em gel. A expectativa, à tarde, diante da tranquilidade da votação é com relação ao índice de comparecimento às urnas. Niterói costuma ter um índice alto de presença; 80%, em 2016. Os partidos ainda não conseguem avaliar se o medo do coronavírus teve impacto terá impacto importante na abstenção - e se pode favorecer a algum cndidato mais que a outro.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.